Butão: felicidade, produção orgânica e auto-suficiência na pauta do governo

O Butão, pequeno reino budista localizado nos Himalaias e célebre por usar como estatística oficial a “Felicidade Nacional Bruta” em vez do Produto Interno Bruto (PIB), quer tornar-se o primeiro país 100% orgânico do mundo, eliminando totalmente os químicos de toda a produção agrícola do território.

agricultura-butão

Conhecida pelas suas medidas económicas centradas na proteção do ambiente e do bem-estar mental, a nação pretende agora introduzir uma nova política destinada a pôr fim ao uso de químicos na agricultura nos próximos 10 anos, tornando produtos como as suas frutas, batatas e trigo totalmente biológicos.

“O Butão decidiu enveredar por uma economia verde por ter em consideração a pressão tremenda que estamos a exercer no nosso planeta”, explicou à AFP o ministro da agricultura daquele país, Pema Gyamtsho. “A agricultura intensiva exige o uso de muitos químicos, o que vai contra a nossa crença budista que nos incentiva a viver em harmonia com a Natureza”, apontou o governante.

Admitindo que a transição não pode ser feita “da noite para o dia”, Gyamtsho salientou, no entanto, que poderá acontecer “passo a passo”, até porque a maioria dos agricultores do país já se baseiam na produção biológica e utilizam folhas e outras substâncias naturais como fertilizantes.

butaomosteiro_taktshang

“Só os agricultores em zonas mais acessíveis por estrada conseguem adquirir químicos”, realçou, sublinhando que o uso destas substâncias já é “muito baixo” no Butão quando comparado com os padrões internacionais, o que facilitará o sucesso da iniciativa.

Entre os produtos mais procurados do país estão os cogumelos, exportados para o Japão, e outros vegetais que fazem sucesso nos hotéis de luxo tailandeses, bem como as maçãs, muito populares na Índia e no resto do mundo.

Com a redução do uso de fertilizantes e outros químicos, mantendo a sua posição no mercado internacional, o Butão conseguirá ainda reduzir a sua fatura de importação, o que conduzirá, em última instância, à ambicionada autossuficiência alimentar.

agricultura-organixa

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

www.jardimdomundo.com

Uma opinião sobre “Butão: felicidade, produção orgânica e auto-suficiência na pauta do governo

  • Reply Jorge Mourão 8 abril, 2014 at 1:29

    right on!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *