• Como expressar suas necessidades sem magoar os outros

    Você já se sentiu triste ou frustrado quando tentou falar para outra pessoa sobre as suas necessidades? Muitas vezes não conseguimos nos expressar bem, e muitas vezes não conseguimos identificar nossas próprias necessidades. Ficamos bravos, irritados, tristes, esperando que o outro adivinhe o que queremos.

    Se você já passou por isso, saiba que não está sozinho e que é possível aprender a identificar suas necessidades e comunicá-las aos outros de uma maneira harmoniosa. Quem desenvolveu essa técnica foi Marshall B. Rosenberg e ele a ensina no livro: Comunicação Não-Violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais.

    LER MAIS
  • 4 canais de mulheres que ensinam a como fazer manutenções e reformas

    As manutenções domésticas, construções e acabamentos da casa ainda não são coisas pra qualquer um, quiçá para mulheres, certo? Engano seu! Quem desmistifica essa afirmação machista são algumas mulheres que botaram literalmente a mão na massa e fizeram das atividades algo simples, e toparam compartilhar o conhecimento pela web.

    Muitas mulheres elogiaram a ideia e contaram nos comentários do youtube episódios de constrangimento ao receberem funcionários do sexo masculino em casa.

    LER MAIS

  • O parto das índias: um ritual de vida

    Elas aprenderam a partejar com as sogras, mães, tias e primas. Herdaram o conhecimento das parteiras antigas, consideradas dotadas de extensa sabedoria sobre as ervas, o parto e a natureza. Conhecimento que foi se perdendo com o tempo e com a institucionalização do parto, à medida que a expansão dos serviços médicos-hospitalares alcançaram as aldeias. Na década de 80, elas foram intimidadas por um sistema hegemônico que exigia autorização para que pudessem exercer suas práticas, sob a pena de serem presas, em caso de intercorrência, segundo a pesquisadora Vilma Benedito de Oliveira. Em sua monografia “Saberes e práticas das parteiras Tupinikim”, apresentada na Universidade de Brasília, ela resgatou, por meio de entrevistas com parteiras remanescentes, algumas das técnicas empregadas para acelerar o trabalho de parto, garantir o bem-estar da parturiente, facilitar a dequitação e nos primeiros cuidados com o bebê.

    LER MAIS

  • Saiba como criar um diário de fractais para exercitar a criatividade

    A natureza é cheia de mensagens, desenhos, formatos, odores e sabores. A natureza é uma obra de arte, um laboratório para descobertas e a mais completa escola de vida em movimento que existe.

    Em meio ao movimento da vida, sempre encontramos o mensageiro e a mensagem e nisso, a natureza tem maestria: executa os dois papeis ao mesmo tempo. Enigmática, mas na mesma medida simples, a natureza nos dá todos os dias conteúdos ricos para uma “leitura apurada” da essência de nossa jornada por aqui.

    Um exemplo disso, são os fractais…

    LER MAIS

  • Viver em grupo proporciona mais crescimento pessoal

    Como humanos, temos uma habilidade natural de agrupar, formar equipes e superar coisas que a mãe natureza nos lança. Estamos ligados pelo trabalho em equipe. Serotonina, oxitocina e até mesmo cortisol percorrem através de nossos corpos para promover comportamentos positivos e negativos em torno de agrupamento.
    Nós todos instintivamente procuramos companheiros de equipe.

    LER MAIS

  • A tranquilidade do saber agradecer

    Uma das maiores constantes na nossa vida são os nossos desejos. O tempo todo estamos querendo alguma coisa.

    Você acorda pela manhã, vai trabalhar e quando chega no trabalho se incomoda com alguma situação. Você começa a pensar como seria melhor se pudesse trabalhar em algum outro lugar ou, em outra função. Mais tarde vai num shopping center, passa em frente a uma loja e fica querendo aquele produto que o último lançamento. Chega em casa, abre as redes sociais e vê um amigo fazendo uma viagem incrível e fica com aquele desejo enorme de poder fazer o mesmo.

    LER MAIS

  • 3 formas de gerir sua energia com sabedoria

    Quase fim de ano e cá estamos nós. Alguns, correndo contra o tempo para desfrutarem da tão sonhada pausa de férias ou recessos festivos. Outros, buscando manter a energia em alta porque é justamente agora, o momento de estabelecer um bom negócio. De todas as formas, há o quesito energia circulando.

    LER MAIS

  • 5 dicas para inspirar uma ceia vegana com itens da despensa

    A cozinha vegana da televisão é repleta de itens e utensílios. A de casa, sabemos bem, que precisa ser funcional e adequada à nossa realidade. Seja tal realidade: econômica, física, climática, de horário e rotinas. Não dá para pensar na cozinha como um espaço de despejo de nossas faltas e euforias internas, através da entulhada dos armários, geladeiras e gavetas.

    É preciso um olhar minucioso e honesto sobre a causa que queremos viver e o que fazemos onde vivemos. Não dá pra melhorar o mundo, sem incluir nosso cotidiano como ponto de partida.

    LER MAIS

  • Uma lição indígena sobre a efemeridade

    Na defesa de sua dissertação de mestrado na UNB, Célia Xakriabá Mindã Nynthê conta uma história sobre duas mestras Xakriabá, uma etnia indígena do tronco Macro Jê, Akwen, do norte de Minas Gerais. Na história, as duas mestras, dona Libertina e dona Lurdes, estão contando sobre suas construções tradicionais, em um curso na Universidade Federal de Minas Gerais, quando recebem de um estudante a proposta de aprenderem uma técnica que faria com que estas casas durassem para sempre. Sem hesitar, respondem:

    “Não meu filho. Obrigado, mas isso é perigoso. Se aceito sua oferta, como é que vou ensinar meus filhos e netos a construir? A casa usada tem que se desfazer para eles observarem como fazer uma nova. Não é a casa que tem que durar, mas o conhecimento. Se a casa cai, mas fica a forma de aprender, a gente aprende e levanta outras.”

    LER MAIS

  • Gratidão: excelente maneira para substituir a frustração

    “A gratidão desbloqueia a plenitude da vida. Ela transforma o que temos em suficiente e mais. Ela transforma a negação em aceitação, o caos em ordem, a confusão em clareza. Ela pode transformar uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo. A gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz para hoje e cria uma visão para o amanhã. ” – Melody Beattie

    Muitas vezes, nossos corações ficam pesados com sentimentos de insatisfação. Nos sentimos insatisfeitos com os nossos salários, com as nossas roupas, com os nossos carros, com as nossas batalhas. Nós corremos atrás de bens materiais e casas maiores.

    LER MAIS

  • Conteúdo protegido Apenas Print Screen disponivel