• Siga essas dicas e reduza seus resíduos de higiene pessoal

    Trabalhando na área da saúde e com a preocupação presente com o ambiente, pois este afeta diretamente o estado de saúde das populações, surgiu, muitas vezes, a pergunta: para onde vão os nossos resíduos de higiene pessoal? Todos lá em casa os produz e onde vão? Ora, para o lixo comum… Mas para onde seguem? Aterros sanitários…Infelizmente, imaginam o que se segue.

    LER MAIS

  • A vida pede um pouco de calma, pare e se escute!

    Muito se critica a geração Y por não agir. É estagiário presunçoso para um lado, ativista de sofá para outro, e a lição final é que sabemos muito e fazemos pouco. Mas será que sabemos mesmo tanto assim e fazemos mesmo tão pouco assim?

    LER MAIS

  • 7 motivos para morar em uma cidadezinha do interior

    Começo avisando que não vivi até agora em uma grande metrópole, longe disso. Morei a maior parte da minha vida na área “urbana” de uma cidadezinha de quatro mil habitantes, São Pedro de Alcântara-SC. Minha casa possui um terreno grande, que não chega a ser uma chácara, mas consigo fazer minha horta, tenho árvores frutíferas e um certo espaço. Só que por ser uma cidade tão pequena e perto de um lugar maior e lindo como Florianópolis, acabei sempre estudando, trabalhando e convivendo muito nessa outra cidade. Então não considero que São Pedro seja interior.

    LER MAIS

  • Tenha calma, respeite seu tempo

    Ah… Que belo seria se a humanidade fosse capaz de vencer todos os desafios que precisa para se tornar mais justa, harmônica e feliz! Acontece que as coisas não são nada simples!

    Edgar Morin fala a respeito do pensamento complexo que, resumidamente, demonstra o quanto somos complexos, qualquer afirmação incisiva sobre nós, pode ser uma visão simplista de um todo que somos incapazes de dimensionar. E por que é tão importante ter consciência disso?

    LER MAIS

  • Por que é tão difícil mudar, mesmo sabendo que é necessário?

    Você já pensou alguma vez em mudar o rumo da sua vida?

    Já acordou angustiado, ou inquieto, mirando-se no espelho do banheiro, com ar questionador de quem deseja profundamente compreender o porquê de, mesmo insatisfeito com certas atitudes, não promover uma mudança substancial na sua existência?

    LER MAIS

  • Vida Sustentável: 4 dicas para equilibrar sua vida

    Estamos cada vez mais ouvindo e convivendo com o termo “Sustentabilidade” em nosso dia a dia. Com a intenção de diminuir os danos que causamos ao Planeta e, consequentemente, às nossas vidas, estão surgindo alternativas para reciclagem de tudo o que possível e alcançável ao nosso redor. Mas será que o “reparo” a esses danos está somente no Planeta e fora de nós? Será que só reciclando levamos realmente uma vida sustentável?

    LER MAIS

  • Será que o veganismo é para todos?

    Meia hora de pesquisa no google, sem muitos filtros, meio que te provam que o veganismo é para todos os paulistanos – ou moradores de grandes cidades ou pessoas com acesso a terras de cultivo. Para que um bife de 220g chegue ao seu prato, de acordo com o Segunda Sem Carne, são emitidos 50kg de CO2 na atmosfera e gastos 792 litros de água limpa, além de 6,6m² de floresta serem desmatados – isso sem contar com a quantidade de remédios, hormônios e alimentos transgênicos que as vacas ingerem e que você passa para o seu corpo.

    LER MAIS

  • Hortas urbanas e a ressignificação da cidade

    As hortas urbanas trazem um novo significado para as cidades. Cada vez mais os cidadãos dos grandes centros urbanos sentem falta do contato com a natureza. Pela flexibilidade e relativa facilidade de crescer, uma horta urbana, que pode ir de um canteiro no apê até a praça do bairro (hortas coletivas), possibilita o contato com a natureza e seus benefícios, tais como redução do stress, medicina natural, temperos, hortifrútis, coletividade, educação ambiental e até segurança alimentar.

    LER MAIS

  • 5 escolhas fundamentais para transformar sua vida

     Já observou que, quando algo ocorre diferente dos nossos planos, tendemos a nos desapontar com o mundo que nos cerca e, principalmente, com as pessoas?

    É comum nessas situações nos percebermos como vítimas, enxergando em tudo que está fora de nós a culpa pelo ocorrido; e o mais interessante é que não procuramos sequer pelos responsáveis, mas sim pelos culpados.

    LER MAIS