Kefir de água de coco: uma bebida altamente saudável

Kefir é uma “bebida mágica” produzida através da fermentação do leite ou da água de coco, que se transforma em um poderoso probiótico muito benéfico para nossa saúde.

Fonte de água de coco de alta qualidade 

Uma das primeiras coisas que precisamos é de uma fonte de água de coco de boa qualidade para fazer um kefir potente.

Se você não tiver certeza de que consegue garantir o seu suprimento de cocos-verdes frescos, ou se você tiver dificuldades para abri-los e obter a sua água, você também pode comprar água de coco de alta qualidade (normalmente refrigerada) para não ter que passar pela aventura de ter que abrir um coco fresco.

[Veja: 15 bebidas probióticas para curar seu intestino]

Amornar a água de coco e adicionar adoçante natural

Depois de ter assegurado a sua fonte de água de coco, o próximo passo é colocá-la em uma panela limpa e suavemente aquecê-la até cerca de 32,5 ºC (uma temperatura morna, que não queima a pele). Neste momento, também podemos adicionar um adoçante natural (mel, açúcar de coco, açúcar mascavo) na água de coco para proporcionar uma fermentação poderosa e, portanto, a reprodução de bactérias amigas que estamos querendo cultivar.

Adicionar culturas probióticas na água de coco

A verdadeira magia nesta receita de kefir de coco acontece quando você adiciona a cultura-mãe [de probióticos] na solução acima, o que cria um ambiente para as bactérias “comerem’” [fermentarem] os açúcares existentes, o que cria o processo de fermentação que acabará por resultar em uma bebida probiótica [levemente] gasosa que é altamente curativa para o  sistema digestivo.

Simplesmente siga as instruções para iniciar a sua cultura probiótica: adicione-a na solução (basta adicioná-la na solução aquecida acima e, normalmente, será o suficiente) mexa vigorosamente. Nenhuma receita de kefir de coco é completa sem a adição da cultura [probiótica]!

Coloque num recipiente hermético de 24 a 72 horas

O próximo passo é colocar essa bebida aquecida em um recipiente hermético para que ele possa começar a fermentar e se transformar em uma bebida probiótica gasosa que estará cheia de cepas saudáveis de microflora benéfica.

Alguns optam por acondicionar em vidros e outros optam por garrafas de plástico (de preferência, livre de Bisfenol – A). A escolha é sua, basta ter certeza que vede corretamente e a mantenha entre 22,5 a 25 ºC, para permitir uma fermentação adequada.

[Veja: Kombucha: aprenda como preparar esse milenar probiótico]

* Às vezes, a fermentação pode se tornar tão vigorosa que ameaça o próprio recipiente, devido à pressão. Se usar garrafas de plástico, você pode “medir” o resultado dessa pressão torcendo as garrafas para ver como elas se comportarão quando sob pressão. Se elas se tornarem muito infladas e duras, é uma boa ideia soltar um pouco da pressão, desrosqueando a tampa para deixar sair um pouco da pressão.

Vidros exigem extra cuidado.

Refrigerar e consumir

Após a fermentação inicial estar completa, você pode colocar seu kefir de coco na geladeira para desacelerar o processo. O kefir de coco continuará a fermentar, e você vai querer consumi-lo em 4 a 7 dias para evitar uma maior fermentação e a destruição daquele sabor do kefir de coco!

Parabéns! Sua receita de kefir de coco está completa!

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

jardimdomundo.com

7 opiniões sobre “Kefir de água de coco: uma bebida altamente saudável

  • Reply Luziene Bohnke 6 December, 2018 at 22:19

    Boa noite. Amei a receita de kefir de água de coco . Vou tentar fazer. como conseguir cultura mae do kefir

    • Reply Daniela Pastana Cuevas 4 May, 2020 at 20:03

      Converse com a Maria França, ela envia as colônias pelos correios.
      +55 11 97952-6072

  • Reply Jardim do Mundo 8 December, 2018 at 11:57

    Procure com conhecidos na sua cidade.

  • Reply Elzi Cruz 9 December, 2018 at 13:07

    Boa tarde! A explicação do preparo está ótima. No entanto, me restou uma dúvida: tudo o que já li sobre cultura de kefir, indica o acondicionamento em recipientes cobertos por um material respirável, e não hermético. Posso então trabalhar a vedação do recipiente com um filó, por exemplo, com trama bem fechada, apenas para garantir oxigenação dos microorganismos?

    • Reply Jardim do Mundo 12 December, 2018 at 16:59

      Olá Elzi,
      Quanto mais hermética, mais frisante fica o kefir. A informação que você pediu está no texto, segue:
      “Às vezes, a fermentação pode se tornar tão vigorosa que ameaça o próprio recipiente, devido à pressão. Se usar garrafas de plástico, você pode “medir” o resultado dessa pressão torcendo as garrafas para ver como elas se comportarão quando sob pressão. Se elas se tornarem muito infladas e duras, é uma boa ideia soltar um pouco da pressão, desrosqueando a tampa para deixar sair um pouco da pressão. Em seguida, volte a fechar e colocar a garrafa na geladeira para retardar a fermentação, e disponibilizá-lo para ser bebido em qualquer momento. As “bombas de kefir” são muito conhecidas por ocorrerem a partir da fermentação vigorosa que não é acompanhada com uma certa atenção. Por isso, garanta uma monitoração para evitar ter uma “chuva de kefir” em sua cozinha!”

  • Reply Vinícius Augusto Ferreira Barros 31 January, 2019 at 17:27

    Olá, cultivo kefir e kombucha há alguns anos, já fiz refrigerantes, frisantes, etc.
    Em todas as receitas, sempre fui informado de que as colônias mães são prejudicadas quando chacoalhadas ou mexidas, principalmente com colheres de metal.
    Vi que na receita indica mexer vigorosamente, eu particularmente senti que sempre que misturei o açucar com a água já com a colônia no vidro, ela pareceu mais fraca e a fermentação levou mais tempo.
    Deixo essa resposta como sugestão de observação e experienciação das duas formas de preparo (preparar exatamente como no texto e preparar misturando o açúcar e a água de coco antes da entrada do kefir). Gratidão pelo compartilhar <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *