Retratos de integrantes de grupo nômade mostram beleza integrada a natureza

Centenas de pessoas da chamada Rainbow Family se reúnem todos os anos em alguma parte do planeta para viver dias de utopia.

Rainbow Gathering [encontro arco-íris] é um festival que já tem mais de 38 anos, e a cada edição reúne centenas de pessoas, em acampamentos ao ar livre para celebrar e praticar ideais de paz, amor, harmonia, liberdade e comunidade, como uma alternativa ao consumismo, capitalismo e costumes vigentes. Os encontros do Rainbow são feitos  em locais de matas, rios e cachoeiras, bem distantes das grandes metrópoles dominadas pelo sistema capitalista – a “Babilônia”. O Encontro de 2012 foi na serra do Caparaó, no Espírito Santo.

No Rainbow, bebidas alcoólicas e drogas químicas são vetadas. Maconha e Ayahuasca são tidas como plantas sagradas e seu uso é tolerado, principalmente se for de forma ritualística.

Na área de recepção,o grupo é responsável por dar as boas-vindas. Os viajantes eram convidados a deixar suas mochilas, tomar chá e descansar. Eram pessoas que vinham a pé, de carro ou de ônibus das mais diversas partes do mundo. Havia até quem tinha chegado a cavalo, caso do israelense Kareen, fundador do Nomads United. Desde 1998, o grupo percorre o mundo a galope.

Além de brasileiros e israelenses, havia no Rainbow 2012, italianos, americanos, canadenses, franceses, austríacos, mexicanos, noruegueses e mais uma infinidade de outras nacionalidades. Num cálculo aproximado, 400 pessoas estavam reunidas no local. Um total de mil teria passado por lá no período de um mês que durou o reservado e cintilante encontro do arco-íris.

Na recepção do Rainbow, os recém-chegados são informados sobre as normas do lugar. Separe o lixo reciclável. Jogue os restos de alimentos na composteira e use o banheiro seco para suas amorosas fezes. Para fazer xixi, pode ser no mato, desde que distante das áreas de uso comum. Não lave louça nem tome banho com xampu ou sabonete no rio. Há locais específicos para isso e a água suja passa depois por um processo de tratamento. Não tire fotos sem a permissão das pessoas. Se ficar doente, vá à casa de cura. A cozinha é coletiva e a dieta é vegetariana. As refeições ocorrem no círculo central, em volta da fogueira – local considerado o coração do encontro, onde são dados os avisos gerais. Após a refeição é passado um “chapéu mágico”, por meio do qual se arrecada o dinheiro para a compra de alimentos. Durante o dia, pode-se participar de atividades como ioga, meditação e massagem, oferecidos pelos participantes como forma de doação, sem envolver dinheiro. À noite, há as rodas de violão e de dança ao som de reggae, música indiana e folk.

Durante o mês que dura o encontro, longe da Babilônia, os membros da família Rainbow espalhados pelo planeta buscam viver a mudança que eles gostariam de ver no mundo – uma sociedade em harmonia com a natureza, sem líderes estabelecidos e sem o individualismo e o materialismo que predominam no mundo capitalista.

Alguns encontros do grupo – que ocorreram na Espanha, México e Canadá – foram fotografados durante três anos pelo fotógrafo canadense Benoit Paillé, participante do grupo há sete anos.
As fotografias são raras, pois o Rainbow Gathering não costuma permitir a produção de imagens durante seus encontros. Paillé captou a beleza daqueles a quem se refere como seus irmãos e irmãs, resultando em belíssimas fotografias repletas de cores, olhares e sentimentos puros.

1

2 51www.tothtamas.tt

www.tothtamas.tt

7

8

9

10

11

12

Normal ou não, um clichê da sociedade contemporânea ou um casal unido por amor, afinidades e desafinidades, que transforma arte e ciências em pequenos projetos domésticos. Criar um jardim onde antes não se imaginava poder, provar de inúmeras receitas que são também oportunidades, utilizar e reutilizar ao máximo, aprender e aplicar princípios que projetam um estilo de vida mais simples e otimista, acreditando que podemos fazer algo de bom ou de belo enquanto fazemos algo para nós e não apenas para nós.

www.jardimdomundo.com

27 thoughts on “Retratos de integrantes de grupo nômade mostram beleza integrada a natureza

  • Reply Antonio Carlos Gomes (ANANTA) 30 novembro, 2013 at 17:18

    Quero estar no próximo encontro…

    • Reply Cleo Fernandes 1 dezembro, 2013 at 17:55

      Gostaria de estar no próximo encontro. Quando e onde será? Como posso participar?

      • Reply Marcelo 2 dezembro, 2013 at 13:59

        Existem vários grupos no facebook sobre o Rainbow. Se não houver nenhuma informação postada sobre novos encontros, escreva para alguns dos membros que você vir. Outra maneira de saber dos encontros é se inscrevendo em um dos vários grupos relacionados ao Rainbow no Yahoo.com como rainbowbrasil, intergalacticrainbow, etc… há sempre muita informação correndo nesses grupos.
        Paz e amor.

      • Reply Melina 2 dezembro, 2013 at 20:57

        Também quero!

      • Reply eswfrsdf 4 dezembro, 2013 at 13:44

        Ocorrerá na serra dos unicórnios, durante o mês do Cogumelo. Para participar você precisa entrar no mato e sair em busca da serra dos unicórnios

    • Reply Renata 3 dezembro, 2013 at 9:55

      Também quero participar, como faço?Quando e onde será?

  • Reply victor 1 dezembro, 2013 at 19:18

    gostaria de estar ai tambem!!!

  • Reply antonio 1 dezembro, 2013 at 19:43

    GOSTARIA DE ESTAR NO PROXIMO ENCONTRO!! COMO POSSO PARTICIPAR??

  • Reply thezombierokker 2 dezembro, 2013 at 16:03

    Que lindo!

  • Reply Ivan Cecilio Rodrigues da Silva 2 dezembro, 2013 at 16:04

    quero estar no próximo encontro.Quando será?onde será?como faço para participar?

  • Reply Andressa Arellano 2 dezembro, 2013 at 17:13

    Também gostaria de participar!

  • Reply Taicir Salman 3 dezembro, 2013 at 12:15

    gostaria de partecipar nos proximos encontro. ??

  • Reply zé da miras 3 dezembro, 2013 at 22:06

    adorava experimentar esses modo vida com natureza amor paz harmonia com vida livre e pura !

    • Reply Karina de Souza Alves 10 dezembro, 2013 at 18:02

      Fez bem para minha alma ver isso,ha anos quero que as pessoas entendam o amor ,mas como é dificil essa compreensão no mundo…Vendo vcs resgatei o imenso desejo de formar uma comunidade baseada no amor,por enquanto vou ficando aqui no meu canto,enfiando uma sementinha na cabeça de cada um que passa por mim,espero que floresçam e um dia eu possa ver a paz e o amor crescer como sempre sonhei.

  • Reply Jú Ferreira 3 dezembro, 2013 at 22:32

    Tb gostaria muito de participar… 🙁

    • Reply Mih Ileina 16 março, 2016 at 14:43

      Aaaiii.. que lindo isso. Eu sonho em ter experiência assim. Viver numa comunidade onde só há amor, paz e comunhão. Todos sendo verdadeiramente UM! Eu gostaria de ir. Como faço para participar?

      • Reply Charlene Peruchi 16 março, 2016 at 15:36

        Olá! É só entrar em contato pelo link do evento que está na postagem 🙂

  • Reply anttonieta 4 dezembro, 2013 at 12:12

    sim por favor, mais informações sobre o próximo encontro.!

  • Reply Angela Rodrigues da Conceição 4 dezembro, 2013 at 14:41

    Gostaria muito de participar do próximo. O que preciso fazer?

  • Reply Maxwell Luiz 6 dezembro, 2013 at 9:07

    Olá, sou do Caparaó onde teve o último Rainbow, o local exato chama-se Patrimônio da Penha, fica na divisa dos municípios de Divino São Lourenço e Ibitirama, sul do ES. O local é lindo e traz uma paz imensa. Vale apena conferir. Abs

  • Reply Rogério Porto Breier 8 dezembro, 2013 at 19:34

    Bem no começo do texto tem um link. Clique em Rainbow Gathering ou entrem no site http://en.wikipedia.org/wiki/Rainbow_Gathering que abrirão várias informações. Depois vocês terão que procurar por conta própria….. boa sorte.
    Paz Universal.

  • Reply sergio biff 10 dezembro, 2013 at 16:37

    gostaria de participar do proximo encontro, onde será? faço a mesma pergunta que a amiga, que não sei onde é a serra dos unicornios.

  • Reply lucia moreira 17 dezembro, 2013 at 21:30

    amo tudo isto,sou vegana,gostaria tmb de participar

  • Reply Letícia 9 janeiro, 2014 at 0:53

    Que lindo!

  • Reply Eduardo 9 janeiro, 2014 at 21:15

    Isso aí já existe há séculos em milhares de lugares da África e nas tribos pré-colombianas, só que nesses lugares as pessoas não possuem esse visual ‘fashion’ moderninho-tribal. Esse grupo “Raimbow’ é só para garotada de apartamento viver alguns dias fantasiando uma experiência de uma felicidade artificial que nunca dará certo na espécie humana.

    • Reply jardimdomundo 18 março, 2014 at 8:41

      Esta depreciação nao possuí respaldo cientifico e sim pessoal. Tanto as tribos africanas como os garotos de apartamento só tem uma agradável gargalhada em resposta.

  • Reply Marta Chan 17 janeiro, 2015 at 13:48

    O rainbow gathering nao e um festival. Nao existem bandas a tocar nem djs, nao ha dinheiro envolvido. E sim um conjunto de pessoas que vivem durante 1 mes (ou dias, semanas) em comunidade, cada pessoa devera trabalhar para o seu funcionamento. (Ex. Apanhar lenha, ajudar na cozinha, cavar buracos para as necessidades numero 2, organizar um workshop, etc)
    Ja estive em alguns rainbows e recomendo a todos juntarem a familia, vao ter uma experiencia magnifica.

%d blogueiros gostam disto: