• Usar a felicidade para medir desenvolvimento: é uma utopia ou realidade?

    Você já pensou como seria se o desenvolvimento de um país fosse medido por um indicador de felicidade e não pelo Produto Interno Bruto (PIB)? Pois saiba que isso já existe no Butão, um pequeno reino distante e isolado, localizado na Ásia, na cordilheira do Himalaia. Em 1972, o rei Jigme Singye Wangchuck, declarou que o PIB não era uma medida significativa para o bem-estar e disse que o país deveria olhar para outras coisas, como bem-estar, promoção da cultura e preservação do meio ambiente.

    LER MAIS
  • Casal larga o emprego para construir essa casa de vidro com apenas 500 dolares

    ” Nós fomos capazes de tornar essa casa realidade porque somos, antes de tudo, artistas e criadores. Tivemos que ser criativo para poder faze-la mais barato. “

    Abundância de luz natural não é uma qualidade incomum de uma casa de sonhos. Mas o que dizer de uma casa construída (quase) totalmente de vidro para que a luz nunca ficasse escondida? Para esse casal de artistas, um por do sol bonito e uma conversa interessante levou-os à construção de um retiro de tirar o fôlego, no montanhoso oeste da Virginia.

    LER MAIS

  • Cabelos – assuma os seus erros e destrua o rótulo

    O cabelo comprido continua sendo um padrão feminino. Cabelos compridos em homens geram notícia e cabelos curtos em mulheres, de certa forma, ainda chocam. As mulheres devem cuidar do cabelo, esse é o rótulo. Não, não estou falando de higiene. Higiene é regra de convivência em sociedade. O rótulo que persiste é que a mulher que se ama é aquela que cuida do cabelo. Horas em salão de cabeleireiro, muitas camadas de tinta, tutoriais na internet, cortes da semana de moda de Paris, produtos usados pelas Kardashians. Por quê? O cabelo feminino ainda é assunto, definidor de vagas de emprego, conteúdo de debates acalorados entre professores e alunos e norma para algumas profissões.

    LER MAIS

  • Outros batuques brasileiros

    De acordo com Antonio Nobrega, a polirritmia africana segue uma “lógica” diferente da ritmia europeia: a primeira teria versos mais longos e aceitaria mais solos do que a segunda. Ao tentar codificar a música polirrítmica de acordo com a lógica “monorítmica”, simplificamos os longos versos e batuques solistas em menores versos sincopados, ou seja, com a tônica no tempo fraco (nos espaços entre tempo e contratempo).

    LER MAIS

  • Psicodália: um dos festivais mais esperados do ano!

    Faltando menos de 3 meses para o melhor festival de Santa Catarina que acontece durante o carnaval, o Psicodália já está deixando muita gente ansiosa. Nessa 20ª edição já temos confirmados algumas atrações musicais, dentre eles: Ney Matogrosso (para minha imensa alegria!!!), Perotá Chingó, Céu, Di Melo + Trombone de Frutas, Metá Metá, Casa das Máquinas, Liniker e os Caramelows, Erasmo Carlos, entre muitos outros grandes músicos. Mas isso são só as atrações musicais, o festival ainda oferece oficinas, cinema, teatro e recreação para as crianças.

    LER MAIS

  • Arte e meio ambiente: você pensa nos seus resíduos?

    A maioria das pessoas tem algum tipo de preocupação com o meio ambiente. Alguns se preocupam com espécies ameaçadas, outros com o impacto das indústrias, há os que se preocupam com a falta de água em grandes cidades, mas poucos se dão conta de como escolhas cotidianas podem afetar negativamente o meio ambiente. Quem reflete antes de comprar, consumir e descartar o plástico por exemplo? Todos estão tão acostumados com o plástico na vida moderna que ignorar os objetos feitos com o material se tornou rotina.

    LER MAIS

  • Conheça a ONG Beatos – Espaço multicultural e de tradição popular do Cariri Cearense

    Formada por nove municípios do sul do Ceará, entre os estados de Pernambuco, Paraíba e Piauí, a região metropolitana do Cariri é riquíssima e abriga várias opções turísticas e culturais, dentre elas o Geopark Araripe e a famosa estátua do Padre Cícero em Juazeiro do Norte. O Crato, conhecido como Oásis do Sertão, fica no sopé da Chapada do Araripe e foi habitado por várias etnias indígenas, dentre elas os Kariris, de onde vem o nome da Região. Foi lá onde surgiu o Caldeirão do Santa Cruz do Deserto, movimento de trabalho comunitário religioso que tinha como base a sociedade igualitária e que foi destruído pelo governo na década de 30.

    LER MAIS

  • Música instrumental brasileira para te inspirar

    Você já reparou como de uma forma ou de outra somos seres intimamente ligados aos sons? Ouvir música é um ato tão natural quanto respirar ou comer. Através dela damos vazão à expressões muito íntimas, que revelam nossos olhares e sentimentos do mundo.

    Mas, e a música instrumental, você já parou para ouví-la? Quando se opta por esconder as palavras e dar espaço para os sons falarem, uma experiência diferente de música se abre, e a fruição -tão rara nos dias de hoje- se torna possível. Longe dos conceitos das palavras, é possível observar o som como se observa um quadro. No Brasil, as paisagens são tantas, que não poderíamos deixar de ter uma quantidade enorme de grupos assimilando toda essa cultura, transformando-a em música boa, para que possamos viajar de olhos fechados. Confira alguns grupos instrumentais brasileiros e seus discos que nunca tocaram nas rádios.

    LER MAIS

  • Primaveras revolucionárias que mudaram o mundo

    A primavera tem no seu íntimo o símbolo da mudança; assim é representada na mitologia grega, na figura de Clóris, como a potência da natureza que traz vida e renovação quando chega. Nesse período do ano, um novo ciclo se inicia e possibilita que frutos e flores cresçam, transformando a realidade que nos cerca e trazendo a possibilidade de vivermos novos tempos. Tudo aquilo que a natureza comporta é tocado pela potência vital da primavera e, assim, ela deixa sua marca também nas criações humanas, trazendo em sua metáfora, novos horizontes para a sociedade.

    Confira algumas referências feitas à primavera ao longo das criações humanas. O simbolismo que carrega consigo é de tamanha sutileza, que foi usada por diversas vezes, ora para evocar beleza, ora para evocar força e resistência; sempre como um ato revolucionário.

    LER MAIS
  • Casal passa décadas a construir ilha autossuficiente

    Os artistas Wayne Adams e Catherine King passam seus dias completamente imersos na natureza – esse casal canadense vive totalmente fora da rede, em uma ilha flutuante, sustentável, apropriadamente chamada de Freedom Cove (Enseada da Liberdade).

    LER MAIS