Chás medicinais para combater a gripe

O outono chegou no Brasil e o inverno já está batendo em sua porta. Com as mudanças de temperaturas, principalmente em razão do frio, a incidência de gripe é muito maior. Problemas respiratórios costumam se agravar nesta época do ano.

Quando a gripe chega, nada melhor que combatê-la com chás de ingredientes naturais. É bom ressaltar que beber muito líquido quando se está resfriado auxilia na eliminação da coriza e de outras secreções do pulmão e também abaixa a febre, caso ela exista.

Chá de gengibre e limão: aqueça 200 ml de água e quando ferver, acrescente uma pequena porção de gengibre picado. Retire do fogo e junte o suco de um limão. Tampe e deixe a bebida ficar forte. Beba imediatamente quando o chá ficar morno.

Chá de eucalipto com hortelã: basta aquecer 200 ml de água e acrescentar 5 folhas de hortelã e 3 de eucalipto. Deixe ferver por 3 minutos, desligue o fogo e tampe. Deixe o chá ficar mais forte e quando estiver morno, beba. 

Chá de folha e flores de laranjeira: aqueça 200 ml de água e acrescente folhas e flores de laranjeira. Deixe ferver por 3 minutos, desligue o fogo e tampe. Deixe o chá ficar mais forte e quando estiver morno, beba. 

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

jardimdomundo.com

2 opiniões sobre “Chás medicinais para combater a gripe

  • Reply anisioluiz2008 16 abril, 2013 at 14:26

    Reblogged this on O LADO ESCURO DA LUA.

  • Reply Rosa Carneiro 20 maio, 2016 at 10:29

    Sempre tomei chá de gengibre e adoro inclusive comê-lo. Chá de flor de laranjeira também. Gosto muito de produtos naturais e sempre criei meus filhos e utilizei-os também.
    Se os povos antigos curavam-se com infusões naturais, nós também podemos e, as industrias farmacêuticas fazem propagandas enganosas para venda de seus produtos que muitas vezes não resolvem nada. Aqui, no Brasil nem controle de qualidade possuímos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *