Veja como fazer Iogurte Caseiro: Natural e Cremoso

iogurte natural fazer

Os lactobacilos são responsáveis por proteger nossa flora intestinal de bactérias malignas, fortalecendo nosso sistema digestivo como um todo, e por consequência, o sistema imunológico. Você sabia que a maior parte do nosso sistema imunológico se encontra nos nossos intestinos? Por isso devemos consumir alimentos, como iogurte natural que possuem lactobacilos vivos.

Fazer iogurte parece muito técnico, mas para falar a verdade, não é. Se preparar o iogurte caseiro de noite, podemos desfruta- lo no café da manhã.

Do que iremos precisar para fazer o Iogurte Caseiro?

  • Uma panela normal;
  • Leite. Um litro de leite integral de preferencia direto do produtor ou de saco, quanto mais natural melhor.
  • Starter de iogurte, que é basicamente a cultura de bactérias presente no iogurte, os lactobacilos. Podemos comprar um iogurte natural sem açúcar do supermercado em temperatura ambiente.
  • Uma toalha ou manta;
  • Uma garrafa de vidro com tampa.

Pasteurização

Para garantir que não existem bactérias (além dos lactobacilos) no nosso leite que possam atrapalhar o processo de fermentação do nosso iogurte caseiro, devemos aquecer o leite até aproximadamente 80, 90°C, ou seja, quando o leite começa a borbulhar e subir.

Feito isso, deixe a temperatura abaixar até aproximadamente 45°C, ou seja, quando você conseguir colocar seu mindinho (limpo) no leite por 10 segundos sem sentir que está quente de mais. Essa é a temperatura ideal para que os lactobacilos se proliferem e povoem o leite. Não esqueça o iogurte esfriando ele precisa estar morno.

Próximos passos

Quando a temperatura estiver ideal, coloque o iogurte do mercado em um recipiente, adicione uma concha do leite morno e misture bem. Esse é o processo de temperagem.

Feito isso, adicione essa misturinha no leite, misture bem, coloque na garrafa de vidro e feche.

O importante é ter uma temperatura de pelo menos 20 graus para nosso iogurte ser povoado pelos lactobacilos, eles ficam bem confortáveis nessa temperatura, vão se proliferar rapidamente, gerando assim, o nosso iogurte caseiro.

Fermentando

Agora, existem alguns métodos que podem ser utilizados nessa fase:

  1. O mais famoso, leve o recipiente ao forno morno desligado e deixe lá de 8 a 12 horas. Se possível, deixe a luz do forno ligada, ela vai fornecer um pouquinho de calor extra para o iogurte caseiro;
  2. Outro método é deixá-lo em cima da geladeira;
  3. Colocar o recipiente dentro de uma sacola térmica junto com uma garrafa de pet de água quente, funciona muito bem.

Observação: Enrolar o recipiente em uma toalha ou manta funciona bem em qualquer um dos métodos, é muito recomendado, pois mantém o iogurte caseiro aquecido durante todo o processo.

|Leia mais: Iogurte de coco fermentado com kefir|

Iogurte caseiro e natural

Prontinho

Agora, passadas pelo menos 12h, os lactobacilos devem ter feito seu trabalho e deixado o iogurte caseiro com uma consistência firme. Leve o iogurte à geladeira por um tempinho, para esfriar e desacelerar o processo de fermentação.

Uma dica valiosa: separe 180g do seu iogurte para usar como starter, assim, não precisaremos comprar iogurte no mercado novamente para realizar esse processo.

É normal, no final do processo, quando o iogurte já estiver pronto, que um pouco do soro do leite esteja flutuando por cima do iogurte caseiro. Esse soro é whey protein totalmente natural, da pra misturar em sucos, tomar puro, é altamente proteico e nutritivo.

Iogurte grego

Esse estilo de iogurte consiste em retirar todo o soro (que contém carboidratos e açúcares) do iogurte, ele acaba ficando mais firme e consistente. Não é difícil de chegar a esse ponto, para transformar seu iogurte caseiro recém pronto em um iogurte estilo grego, basta peneirá-lo com gaze ou voal, removendo o soro.

Não recomendamos despejar o soro após esse processo, podemos utilizá-lo para fazer outras receitas, como ricota. Inclusive, os suplementos alimentares mais conhecidos são fabricados a partir do soro do leite.

Dura até uma semana fechado na geladeira.

Recomendações finais

  • Procure utilizar um leite mais puro, mais integral. Os leites mais frescos gerarão os melhores iogurtes;
  • Existem diversas culturas de lactobacilos, existem grupos no facebook de pessoas que fazem doação de suas culturas, procure se informar;
  • Se não conseguir uma boa consistência da primeira vez, não desista tente deixa o iogurte fermentando por algumas horas a mais ou na hora de esquentar o leite experimente adicionar 2 colheres de sopa de leite em pó, mexendo bem para dissolver.
  • Iogurte caseiro vai muito bem com mel e granola. Pra ver nossa receita de granola natural, clique aqui.

 

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

jardimdomundo.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *