Incenso com ervas aromáticas

Ninguém sabe quando a humanidade começou a usar as plantas aromáticas. Estamos seguros de que os sentidos do homem antigo eram bem mais aguçados e o sentido do olfato foi crucial para sua sobrevivência. Há evidências, do período Neolítico, de que ervas aromáticas era usadas na culinária e na medicina e que ervas e flores eram enterradas com os mortos. A fumaça ou fumigação foi, provavelmente, um dos usos mais antigos das plantas, como parte de oferendas aos deuses. Provavelmente notavam que a fumaça de várias plantas aromáticas tinham, entre outros, efeitos alucinógenos, estimulantes e calmantes. Gradualmente, um conjunto de conhecimentos sobre as plantas foi acumulado e passado a centenas de gerações de xamãs.

Hoje vamos ensinar a como fazer um incenso de ervas aromáticas para purificar e aromatizar o ambiente, trazendo o cheiro do campo para dentro da sua casa.

As ervas mais indicadas são:

    • Lavanda
    • Alecrim
    • Hortelã
    • Tomilho
    • Sálvia Branca
    • Erva Cidreira
    • Pinheiro
    • Cedro
    • Rosas

As ervas devem ser colhidas em dias ensolarados e secos. Caso apanhem ervas húmidas, estas irão ganhar bolor e vão apodrecer com facilidade.

Corte as plantas pelos caules e nunca pela raiz.

Amarre as ervas com fio de algodão natural. Quanto mais apertado o fio, mais lentamente irão queimar as ervas.

|Reprodução não autorizada sem o prévio contato com o ” Jardim do Mundo”|

Passo-a-passo:

  • Comece por fazer um nó na ponta do ramo da erva aromática que escolheu;
  • Segure no ramo e comece enrolar o fio de algodão, dê duas a três voltas e volte a dor um nó;
  • Continue a enrolar o fio até a ponta oposta;
  • Certifique-se que as amarrações estão bem apertadas;
  • Pendure os raminhos secos atrás de uma porta, num lugar escuro e seco, onde haja boa circulação de ar;
  • Aguarde algumas semanas para que as ervas estejam completamente secas antes de fazer a queima;
  • Quando as ervas estiverem prontas segure na extremidade por onde começou a amarração, e com a ajuda de uma vela comece a queimar a ponta do ramo;
  • Deixe queimar um pouco e assim que o fogo pegar bem, apague-o, assoprando lentamente.
  • Pouse lentamente o ramo em um prato de cerâmica e sinta o poder das ervas;
  • Caso queira apagar o seu ramo de incenso natural, esmague e sufoque as pontas que se encontram incandescentes ( evite usar água pois pode danificar o ramo e sua possível reutilização).

collage

 

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

www.jardimdomundo.com

5 opiniões sobre “Incenso com ervas aromáticas

  • Reply joanna 28 abril, 2016 at 12:19

    Gostei muito dessa idéia!! Posso reproduzi-la!! Adorei sua página!! Parabéns!

  • Reply Sonia Regina Ferreira Serrano Vieira 9 maio, 2016 at 7:23

    Bom.dia nesse incenso poderia colocar alecrim, manjericão, rosas, ou qlq flor do campo, arruda, Guiné?

  • Reply Neto Gonzaga 31 janeiro, 2019 at 4:41

    No dicas naturais, tem a mesma descrição. Para quem farei os crecrédi ao publicar?!?! Grato.

    • Reply Jardim do Mundo 31 janeiro, 2019 at 10:48

      Sério?
      Pedimos no post para não reproduzir o texto sem autorização, poderia nos passar o link ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *