Por que você deve jardinar com seus filhos

A importância de jardinar com seus filhos

Assistir a filmes e fazer companhia em jogos de tabuleiros são ótimas atividades para se ter com crianças. E aqui vai mais uma sugestão: leve-as  seus filhos para o jardim.

Numa casa com um vasto quintal, ou mesmo num apartamento típico de cidade grande, esta é uma tarefa que especialistas recomendam para que os pequenos, além de estimular uma alimentação mais saudável e proporcionar o contato com a natureza, fazer uma horta caseira propicia deliciosos momentos em família. Cuidar das plantinhas também pode ensinar ao seu pequeno noções como paciência, responsabilidade e ecologia!

Contato com a natureza

Sabia que o contato com a natureza, desde cedo, é importante para o desenvolvimento dos seus filhos? Permite um aprimoramento do esquema corporal, da motricidade ampla e da percepção espacial.

A jardinagem ensina a criançada a nutrir as coisas, a entender que é errado matar insetos indiscriminadamente, apenas porque não os entendemos ou porque temos medo deles, por exemplo.

|Aprenda a como transformar seu jardim em uma horta orgânica|

A paciência desenvolvida por meio do verde tende a beneficiar, inclusive, o desenvolvimento intelectual. Uma parte importante da aprendizagem no jardim é a tentativa e o erro. A jardinagem é um meio simples e indolor de aprender algumas lições para a vida, como compreender que, quando uma planta morre, ficam nutrientes para o solo.

Pesquisas também correlacionaram a jardinagem na infância à redução de problemas intelectuais, como déficit de atenção. Ter plantas ao redor ajuda a diminuir a pressão do sangue e a incentivar uma vida mais tranquila.

Poder plantar vários alimentos que constam nos pratos dos seus filhos diariamente, trará ainda mais estímulo à alimentação saudável e satisfação em comê-los e, ainda, e mais uma vez, os colocará em contato com a natureza, situação tão prejudicada em meio à agitação da vida urbana.

Agora sabendo de todos os benefícios de jardinar com seus filhos, que tal começar começar sua própria hortinha com seus pequenos!?

Como fazer?

Você vai precisar de:

  • Terra orgânica
  • Adubo
  • Mudas ou sementes
  • Pá de jardim
  • Pedras
  • Vasos: eles podem ser comprados ou adaptados em embalagens descartáveis, como garrafas pet, caixinhas de leite e até caixotes de madeira.

Então, mãos à terra! Em primeiro lugar, certifique-se de que seus vasinhos tenham furinhos para que a água escoe. Em seguida, forre o fundo dos vasos com as pedrinhas e deposite a terra junto com o adubo, ocupando ⅔ do recipiente. Depois disso, acomode a mudinha ou despeje as sementes e complete com terra. Pronto! Agora é só deixar os vasinhos em ambientes arejados e ensolarados e, claro, lembre-se de regar as plantinhas frequentemente.

|Veja como fazer um Jardim Sensorial para crianças|

O que plantar?

Pimentas: São fáceis de cultivar e garantem temperos por longos períodos.

Salsinha: O pé de salsinha dura muito tempo, fornecendo temperinho fresco o ano todo!

Cebolinha: Um dos temperos mais fáceis de manter. Tem um crescimento rápido, se adapta bem em vasos, canteiros e no chão. Aguenta meia sombra ou sol total.

Manjericão: Muito fácil de plantar e de encontrar a venda, ele pode ser colhido aos poucos durante o ano todo.

Hortelã: Bem fácil de cultivar. Para quem tem pouco espaço, vasos são uma ótima pedida, já que é uma planta que se espalha com muita facilidade.

Espinafre: Além de muito nutritivo, cresce com facilidade. Principalmente, durante o inverno.

Couve-manteiga: É muito fácil de cultivar e pode ser colhida diversas vezes.

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

www.jardimdomundo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *