Embrulho para presente tingindo naturalmente

Hoje vamos ensinar um jeito divertido e ecológico de embrulhar presentes. Vamos dar vida nova a tecidos antigos tingindo-os naturalmente com elementos da natureza.

Esse ano estamos explorando o fazer manual de diversas formas sempre presando pela matéria prima natural. Um do processos que mais nos envolveu foi o tingimento natural com restos de vegetais, frutas, sementes, folhas, cascas e caroços. As peças tingidas serão presentes e os tecidos reutilizados serão embrulhos.

Pensamos que além de surpreender nossa família e amigos com presentes originais e feitos com muito amor também estaremos presenteando o planeta, espalhando a boa semente da consciência ambiental.

Vem com a gente, invés de usar os papeis de presente envoltos por fita plástica que são facilmente descartados e aumentam a quantidade de lixo no mundo vamos dar uma vida nova a tecidos antigos!

|Siga o Jardim do Mundo no Instagram e Acompanhe nossas Aventuras pelo Mundo|

Veja alguns testes de ingimento natural:

Da esquerda para a direita: curry, beterraba, sementes de girassol, casca de noz pecan.
De cima para baixo: linho, seda, fios de lã

Tingimento natural cores

Tingimento natural

O tingimento natural transforma elementos da natureza em cores é milenar e era usada por civilizações ancestrais ao redor do mundo, do Egito antigo aos indígenas da América Latina.

As cores da natureza

Não precisamos ir muito longe para observarmos as cores da natureza. Basta uma olhada rápida ao redor para se deparar com o marrom dos troncos das árvores, o verde das folhas e o colorido de flores, sementes e raízes. É com base nessa matéria-prima que o tingimento natural é feito.

Por dentro do processo artesanal

O tingimento natural é como cozinhar. Para retirar o extrato de grande parte das plantas, é preciso fervê-las com água em uma panela por cerca de 30 minutos.. É esse líquido colorido, depois de coado, que será usado para dar cor à roupa. Antes de tingir, é necessário lavar o tecido e prepará-lo.

|Curta nossa Página no Facebook para mais matérias como essa |

Conexão com a terra

Quando trabalhamos com o tingimento natural, precisamos observar o tempo da natureza e respeitá-lo. Além disso, experimentamos a “alquimia” da terra. O que acontece se tentar tingir o tecido com ervilhas? Ou folhas de hibisco?

O importante é respeitar o tempo de cada ingrediente e seguir fazendo experimentações para chegar à cor desejada, aspectos estes que contribuem significativamente para agregar valor cultural e econômico ao produto artesanal.

Cores

Quase todas as plantas ao seu redor servem como corante. As folhas externas do repolho produzem tons suaves de verde. Com o repolho roxo, obtém-se o roxo, o lilás e até mesmo alguns tons de azul. A beterraba é responsável por oferecer um tom vibrante de magenta.

Para marrons mais quentes, use as cascas de cebolas ou chá preto. Para obter um amarelo dourado, utilize açafrão. Para laranjas vivos use folhas de Eucalyptus cinérea. Para um suave amarelo ou cinza, use as cascas da romã. Para o índigo, utilize feijão preto. Outros ingredientes que também podem ser utilizados na pigmentação dos seus tecidos são as sementes do abacate, manjericão, amoras, cenouras e até mesmo o café.

Mais cores

  • Açaí: roxo
  • Hibisco: rosa forte
  • Ameixa: lilás
  • Curry: amarelo
  • Cravo: marrom
  • Cominho: amarelo esverdeado
  • Páprica: laranja
  • Canela: bege
  • Casca de Cebola: marrom claro
  • Beterraba: rosa claro
  • Rosas (flores) vermelhas: vermelho

Vamos a receita do tingimento natural

Preparação

*É preciso 200g de restos de alimentos/folhas/flores/cascas para cada quilo de roupa. Então, o primeiro passo é pesar a peça e separar o material.

*A receita básica começa com a pesagem do tecido seco. Para cada quilo de tecido serão necessários 200 gramas do ingrediente que será responsável pela nova cor.

*Antes de começar, lave o tecido e depois deixe-o de molho por 5 minutos em água fria. Retire o excesso de água e reserve. Isso ajudará na fixação da cor.

Tingimento com abacate

Receita

1. Inicie despejando o corante natural e 1 litro de água na panela e deixe ferver por 30 minutos.

(Nós colocamos 200 gramas de caroços de abacate.)

2. Retire a panela do fogo, coe ou remova os restos de /folhas/flores/cascas/caroço com a colher.

3. Dissolva o fixador na panela. Para cada quilo de roupa, adicione uma colher de sopa de fixador.

4. Mergulhe o tecido na mistura, mexendo de vez em quando para garantir um tingimento homogêneo.

5. Quando atingir o tom desejado, lave-o em água limpa, até que não saia mais o corante. Caso queira também poderá deixar o tecido mergulhado na solução por 24h assim o fixador agirá melhor.

6. Retire o tecido depois de passar por água, torça e coloque para secar à sombra.

7. Na primeira lavagem é possível que o tecido ainda solte tinta, por isso é importante que ela seja feita separadamente e com água fria.

Nós usamos caroço de abacate para fazer nosso último tingimento. Fizemos o processo descrito acima com os caroços. O resultado foi um lindo tom de rosa.

Tingimento natural com caroço de abacate

Depois embrulhamos pacotes e livros decorando com folhas e laranjas secas.

tingimento natural

Gostaram do processo? Contem pra gente!

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

www.jardimdomundo.com

3 opiniões sobre “Embrulho para presente tingindo naturalmente

  • Reply Cléa Lucia Siqueira de Souza 7 dezembro, 2019 at 19:50

    Adorei!!! Muito interessante, vou experimentar!!!

  • Reply alegnairammariangela 7 dezembro, 2019 at 20:53

    Lindo este tom de rosa, realmente!
    Vou usar para coisas de maior permanência.
    Ficaram lindas as embalagens, mas reutilizo papéis e saquinhos, por achar mais econômico e eco-lógico.

  • Reply Margarida Vasconcelos (@daisyandthyme) 10 dezembro, 2019 at 7:20

    Esta fantastic. Nu Uganda usam sal como fixador. Podem indicar alternativas para fixador? Muito obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *