Aprenda como atrair polinizadores para o jardim

atrair polinizadores

Toda fazenda, chácara, sítio ou até jardim, necessita de agentes polinizadores, podendo eles serem abelhas, borboletas, beija-flores. As plantas precisam ser devidamente polinizadas para serem gerados frutos, plantas saudáveis e boas colheitas.

As abelhas são os principais polinizadores. Existem dezenas de milhares de espécies de abelhas espalhadas pelo mundo todo. As abelhas brasileiras, não possuem ferrão e se adaptam melhor às plantas nativas, como é de se esperar.

As abelhas saem para procurar duas coisas específicas, a primeira é o néctar, que possui vários açúcares, o que é muito importante para a dieta das abelhas. O néctar é a principal fonte de energia delas. E o segundo interesse das abelhinhas é o pólen, que é rico em gorduras e proteínas.

Elas podem voar grandes distâncias para conseguir o alimento e voltar para sua colmeia sem se perderem. É um animal que consegue se localizar muito bem espacialmente. Por isso, não é necessário criar as abelhinhas para que elas encontrem suas flores. Porém, muitas pessoas gostam desse processo de criação, então vamos falar um pouco sobre a apicultura e meliponicultura.

|Siga o Jardim do Mundo no Instagram para acompanhar nossas aventuras|

Apicultura e meliponicultura

Existem dois tipos de criação de abelhas, a apicultura é a criação de abelhas com ferrão, abelhas que não são nativas do Brasil. É a criação da abelha ”Europa”, como costuma ser chamada por aqui. É um método que exige alguma proteção, alguns equipamentos específicos.

A meliponicultura é a criação das abelhinhas sem ferrão, geralmente, as nativas. Esse método é bem mais seguro, principalmente, por elas não terem ferrão. Algumas pessoas gostam de criar as abelhas somente para que a polinização seja bem feita em seus jardins, que preferem não retirar o mel e não atrapalhar o trabalho das abelhinhas.

Abelhas jataí, espécie nativa.

Criar um ambiente ideal para que as abelhinhas façam ninhos é uma boa opção, se temos um espaço (pode ser até pequeno) e algumas plantas frutíferas, que queremos que haja uma boa safra. Sabe-se que as abelhas fazem ninho em qualquer canto que seja quentinho e tenha alguma proximidade com a flora apícola ou meliponícola.

Dicas importantes

A Xerces Society, uma organização mundial que luta pela proteção aos animais invertebrados, listou algumas formas de atrair mais polinizadores para o local:

  1. Não use pesticidas. Os pesticidas, geralmente, não escolhem quem será envenenado. Eles são produzidos para combater ”pestes” no geral, então, podem matar tanto os invasores indesejados que estão atrapalhando o cultivo quanto os pobres bichinhos, que estão fazendo a maior parte do trabalho de polinização;
  2. Use plantas nativas. Como já citamos ali em cima, as abelhas nativas preferem as plantas nativas às plantas exóticas. Elas são mais adaptadas às espécies do ambiente em que elas vivem, então, manter a flora nativa ou replantar perenes nativas no local sempre será uma boa escolha para atrair espécies polinizadoras;
  3. Escolha flores de diferentes colorações. As abelhas possuem uma ótima visão no que diz respeito às cores. Faz parte da rotina delas identificar flores e colher o néctar, então, algumas cores podem atrair facilmente as abelhas, como as cores azul, branca, vermelha, amarela e roxa;
  4. Plante flores amontoadas. Flores amontoadas, certamente, irão atrair mais atenção das abelhas do que flores aleatórias espalhadas em um jardim. Então, considere esse item;
  5. Tenha uma diversidade de plantas florindo em épocas diferentes. Ter uma variedade grande de plantas é extremamente importante para que hajam diferentes espécies polinizando nosso jardim. A maioria das abelhas são generalistas, ou seja, se alimentam de várias flores diferentes. Então, devemos fazer uma pesquisa sobre o período de floração das nossas plantas e procurar garantir que sempre haja alguma planta em floração;
  6. Torne o ambiente ideal. As abelhas preferem lugares ensolarados e protegidos do vento forte. Então, talvez, um quebra-vento pode vir a calhar.

|Leia mais: Banho de abelha – Saiba como fazer e ter no seu jardim|

As flores certas

Não há nenhum grande mistério para tornar um jardim atraente para as diferentes abelhinhas, basta garantir que haja uma boa disponibilidade de alimento para esses animais polinizadores. Porém, existem algumas espécies muito boas para atingir esse objetivo.

Vamos listar algumas plantas (não necessariamente nativas) que são de fácil cultivo e são boas escolhas para plantar no jardim, por terem usos culinários e, também, para atrair polinizadores:

  • Manjericão;
  • Girassol;
  • Hortelã;
  • Margaridas;
  • Coentro;
  • Lavanda;
  • Sálvia;
  • Tomilho;
  • Alecrim;
  • Guaco.

Abelha se deliciando com o néctar.

As abelhinhas também gostam de flores de árvores frutíferas e de árvores não-frutíferas. Na época da floração de algumas árvores, podemos ouvir os enormes enxames que se formam lá no alto. Entre essas árvores, estão:

  • O abacateiro;
  • Salgueiro-chorão;
  • Marmeleiro;
  • Mofumbo;
  • Eucalipto;
  • Laranjeira;
  • Angico.

Abelha na flor do abacateiro.

Algumas dessas árvores possuem uma floração prolongada, como o angico e o eucalipto. As abelhas podem voar por longas distâncias para alcançar essas flores com grande disponibilidade de néctar, podendo assim, enriquecer suas colmeias com um alimento bem nutritivo.

Recomendamos pesquisar as plantas nativas preferidas pelas abelhas em sua região. Pois, num país tão grande e com a biodiversidade tão distinta, passaríamos dias escrevendo as diferentes espécies de plantas que atraem agentes polinizantes.

Saiba como evitar o desaparecimento das abelhas

E para as pessoas que tem medo de abelha, não se assustem, no geral, as abelhas não possuem ferrão. E mesmo se possuírem, elas não estão muito interessadas em picar alguém sem motivos, sacrificando a própria vida. Ela só irá nos picar se ela se sentir ameaçada ou sentir que sua colmeia está sendo ameaçada. Então devemos estar sempre atentos para não nos depararmos com ninhos escondidos.

 

A vida é um acontecimento extraordinário para ser passado sem um propósito, aqui queremos inspirar a mudança, a conexão com os ciclos da natureza, o resgate dos saberes ancestrais e manuais. Vamos juntos por esse caminho descobrindo que tudo que precisamos já está em nós mesmos.

jardimdomundo.com